Sobre o homossexualismo


“Todas as bandeiras se encheram tanto de sangue que é tempo de as banirmos por completo.” (Gustave Flaubert)

Há assuntos em que a maioria das pessoas prefere não opinar. Talvez por medo, outros por respeito e ainda outros que não tem uma opinião formada sobre. Não tenho nada a opinar sobre o homossexual, a não ser a opinião de que ele fez suas próprias escolhas assim como fazemos as nossas. O meu problema é com a bandeira que se levanta chamada “Homossexualismo”, a qual envolta dessa bandeira se levanta um grupo querendo impor goela abaixo da sociedade sua Ideologia. E o “Homossexualismo” é uma Ideologia na mesma medida do Comunismo, do Liberalismo, do Feminismo, do Narcisismo e de tantos “ismos” mundo afora. Toda a Ideologia quer impor sua visão de mundo e quer que o mundo a aceite de maneira imposta. Armam verdadeiros campos de batalha para a Ideologia se consolidar. Daí surge os guetos, os QG´s de Batalha, as identificações por siglas que denota aquela sensação de pertencimento a um grupo que tanto carece o ser humano. Pertencer a um grupo, não há nada de mal nisso. O problema é a guerra declarada em querer impor ao mundo a sua aceitação.

Toda bandeira levantada é um perigo para a humanidade! Seja a bandeira da religião, seja bandeira da etnia, seja a bandeira de um sistema econômico, seja bandeira até da Paz! A bandeira da Paz é erguida no coração! Tive um amigo homossexual e nunca vi levantar nenhuma bandeira. Ele simplesmente era e nunca me pareceu preocupado em erguer uma bandeira para que o mundo aceitasse sua condição. Até opinar hoje sobre o “Homossexualismo” é questão de cadeia e o cara é taxado de “homofóbico”. Que liberdade de expressão é essa em que vivemos? Uma mentira mascarada de liberdade. Tá certo há pessoas que abusam da sua liberdade e se mostram extremamente preconceituosas e ignorantes. Outros como animais brutos atacam pessoas sem ao menos os conhecerem só por causa de suas condições. Mas nem tudo que esta relacionado com o homossexual tem a ver com sua opção e é “homofobia”. Costumo dizer que há o homossexual e há o “bicha escrota”. O homossexual tem o meu respeito e também o “bicha escrota”, mas desse último passo longe. O “bicha escrota” é aquele que sabe que nunca vai ser mulher e exige que trate como tal, é o fofoqueiro, o escandaloso que gosta de chamar a atenção, o que fica mexendo com homem na rua e vive apanhando por isso. Isso não tem nada a ver com sua opção sexual, mas com seu caráter. Me afasto de pessoas de má índole seja ela homo, hetero, bi, tri…. E não me venha dizer que sou “homofóbico”! Abaixo as Ideologias! Pronto falei!

Anderson Luiz

Obrigado pela opinião!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s