Santa Ignorância


“Quem conhece a sua ignorância revela a mais profunda sapiência. Quem ignora a sua ignorância vive na mais profunda ilusão.” (Lao-Tsé)

Ignorante não é aquele que não sabe das coisas! Se esse assumir que não sabe e não ter a pretensão de dizer que sabe sem saber, esse não é um ignorante e sim um sábio. A jactância que é sim uma santa ignorância! Não há nada mais ignorante do que ignorar e assumir que não sabe! Como dizia o velho Sócrates: “só sei que nada sei”. O que sei do mundo nesse planetinha que vivemos chamado terra, ante a possibilidade de existirem bilhões de planetas como esse? O que sei quando olho para a imensidão dos oceanos e seus mistérios, sua profundeza obscura e desconhecida? O que sei sobre as milhares de espécies, botânicas e animais que se encontram em nossas florestas nesse planetinha? O que sei sobre o sistema solar, as galácticas que vão além dessa estrela de quinta grandeza chamada sol, que é só mais um perto da possibilidade de existência de vários sóis? O que sei sobre Deus, sobre a alma humana, sobre a História e suas verdades e mentiras?

Não podemos ignorar que o que “sabemos” (se é que sabemos) é finito, circunstancial e delimitado. Ignorar isso é ignorância! É uma santa ignorância arrotar que sabe só para demonstrar segurança e evitar a demonstração da debilidade humana. É uma santa ignorância presumir conhecer aquilo de que não se tem o mínimo de conhecimento só para defender nossas “certezas” e “bases” construídas na vida, cimentadas pelo orgulho. É uma santa ignorância achar ter o juízo do bem e do mal, e assim saber por si próprio e para os outros o que é certo e errado, o que é puro e o que é impuro, o que é justo e o que injusto, o que é belo e o que é desprezível. Na ignorância nasce a ética, o moralismo, as leis, as tradições humanas, a religião e tudo o que é humano e traz no germe o “conhecimento do bem e do mal”. Assumir que não sabe muito ou nada, não é assumir que é um ignorante! Ignorante é quem não assume isso! Assumir que sabe em “parte” nesse “todo” chamado Universo (e quem sabe Multiversos), é um caminho para a sabedoria. A santa ignorância possui milhares de fiéis que poderiam ser chamados de antas ignorantes. Esses não são os iletrados, os “roceiros”, os “favelados”… essas antas ignorantes, fiéis da santa ignorância geralmente frequentam as universidades, tem prazer em ser chamados “Doutores” ou se gabam de um título qualquer, e estão sempre prontos a dar uma resposta mesmo quando não há resposta a dar. Sendo assim eles inventam, pois a santa ignorância sabe tudo. Deus me livre saber tudo! Impossível! Quem assim se sabe não morre frustrado!

Anderson Luiz

Obrigado pela opinião!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s