Sobre o casamento


“Não são as pessoas que são responsáveis pelo falhanço do casamento, é a própria instituição que é pervertida desde a origem.” (Simone de Beauvoir)

O que é o casamento? Seria algo historicamente construído? Casamento seria uma invenção burguesa e sua “institucionalização” foi uma forma da Igreja Católica Romana controlar melhor os seus membros, como alertam alguns livros de História? Certo é que o casamento, tal como o de hoje é um fenômeno histórico da Idade Média. Os primeiros homens se casavam a sua maneira e ainda outros nem usavam esse termo, pois faziam isso espontaneamente. Casar para eles, não era instituir algo socialmente, moralmente e com a anuência de um sacerdote. Era Deus ou em muitos casos, os deuses que casavam, ou seja, uniam os casais.

Casamento é muito mais do que uma instituição, muito mais do que uma conivência social que precisa do aval de um sacerdote e dos olhares dos conhecidos. Casamento é união de espírito, é afinidade de ideias, é consentimento em relação ao futuro, é compartilhamento de sonhos…a união de corpos no sexo é consequência disso tudo. A aliança nos dedos é apenas um símbolo que não casa, apenas faz lembrar! Para aquele que tem Fé, é Deus quem casa, quem une, quem ajunta e o homem não é capaz de separar. Se não é capaz de unir, muito menos separar. Deus une e se ele quiser, ele separa! Se alguém diz que, o casamento na igreja, a confirmação diante do sacerdote, o desfile diante do público e a festa é o casamento verdadeiro, esse mente para si mesmo sem saber. O casamento aconteceu muito antes no casal quando o amor germinado deu frutos para o futuro. Falo do amor maduro gerado por pessoas maduras e adultas mentalmente, não esse amor infantil e adolescente. Encontro de almas, união de forças e objetivos, sonhos entrelaçados, isso é o verdadeiro casamento! A convenção social, hoje chamada “casamento” é só uma parte materializada daquilo que já havia acontecido no espírito. E ainda que o casal opte por não casar no convencional e morar junto, quem ousa dizer que esse casal não esta casado? Muitos que não possuem meios (dinheiro, emprego etc) para casar na maneira convencional, não se casam de verdade por causa da pressão da sociedade. Isso é bobagem! O que Deus une, está unido! Quem pode ser juiz do coração humano? Quem pode esquadrinhar os recônditos do amor? Só um psicopata da moral burguesa e religiosa, com um dedo em riste consegue amedrontar aquele que é fraco de consciência. Nenhuma consciência que é consciente da pureza e simplicidade que há no amor se deixa abalar pela acusação de pecado, de anormal as regras humanas e outras tantas bizarrices inventadas. Pecado é enganar, iludir o outro quanto ao futuro da relação. Se há amor e desejo sincero de construir algo junto não há pecado, ainda que não estejam sobre a “benção” de ninguém. A benção do amor basta! É certo que precisamos enquanto sociedade de documentos e registros, mas um papel não tem o poder de casar e nem admitir casado ninguém. Isso só faz parte, e te digo que é a parte menos importante! Sei que para a maioria das mulheres o casamento é a festa e para alguns homens também. Para outros, se consideram casados depois da confissão ou da anuência sacerdotal. Hollywood tem culpa nisso! Os empresários, donos de lojas de vestidos e religiosos também! No capitalismo, sonhos humanos são alimentados com dinheiro! Quem tem dinheiro e acha legal um “casamento” ‘daqueles’, bom. Agora quem não tem, não se sinta menos casado por ainda não ter condição de ter “casado” como manda o figurino. Case-se de coração e descanse a consciência nisso e não se deixe abater pela mentalidade mesquinha de uma sociedade hipócrita e doente. Pense nisso!

Anderson Luiz

Um comentário em “Sobre o casamento

Obrigado pela opinião!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s