Internet: revolução democrática?


“Democracia é quando eu mando em você, Ditadura é quando você manda em mim.” (Millôr Fernandes)

Desde os Gregos sempre houve uma preocupação com o poder e o que os “poderosos” poderiam fazer com ele. A tirania dos tiranos naquela época fez com que surgisse uma espécie de “regulamentação do poder”. Eis que surge a democracia! Demo = povo; Cracia = Governo. O Governo do povo na Grécia apesar de deixar de fora os escravos, as mulheres e estrangeiros, foi o ponta-pé inicial para o modelo implantado hoje nos países ditos “democráticos” como os EUA, a França, a Inglaterra e o Brasil, entre outros. A divisão de poderes (Judiciário, Legislativo e Executivo), o voto direto envolvendo toda a população, a liberdade de expressão midiática, são apanágios dos países ditos “democráticos”.

Tudo o que se populariza recebe a alcunha de democrático. Eis a internet! Instrumento perfeito para a globalização! O mundo unido em uma aldeia global! Todos ligados, conectados e sintonizados com todos. Vigilância deliberada! Os limites locais passam a ser superados dando lugar à amplitude do mundo. Fronteiras caindo, muros de separação sendo despedaçados. Resistência por resistência, ainda se encontra em alguns lugares. Mais nada que a internet não consiga se infiltrar! Quase um estupro! Revolução? Subversão do sistema? Alienação massificada mascarada de “liberdade”? Controle global maciço? Eis as perguntas que deveríamos fazer.

Pela primeira vez estamos vendo pelos noticiários uma “revolução”(se é que posso usar esse termo) que tem como meio a internet, para derrubar os “tiranos” do poder. Hosni Mubarak, governate deposto no Egito que o diga. Kadafi, governate Líbio já tinha sido morto na internet. Outros ainda cairão! É só uma questão de tempo! O mundo virou um barril de pólvoras explodindo em todos os cantos e mais recentemente no Brasil. Pedidos de democracia em todos os cantos. E em todos esses cantos se levanta a bandeira Americana. Afinal, os EUA são os “defensores” da sonhada “democracia” que els arrotam ter e não a praticam como deveria. Sua maior propaganda de guerra e cobiça. Em nome dela, eles agora irão para a Síria e depois só Deus sabe. Por ela, a democracia, seus jovens sacrificam suas vidas. Bestas alienadas! Proclamam o “governo do povo” enquanto manipulam e controlam esse povo. Viva a “democracia”? Ou viva a verdadeira democracia? A democracia que os povos levantam bandeiras é essa que é usada como propaganda política que tem como o objetivo o controle subliminar sobre o mundo.

Anderson Luiz

Obrigado pela opinião!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s