Lições que aprendi:


“Feliz aquele que transfere o que sabe e aprende o que ensina.” (Cora Coralina)

Ser simples não é um dever moral, mas uma busca por nossa própria essência.

A liberdade que se tem e busca a cada dia, é capaz de incomodar tanto os outros a ponto de torcerem por sua desgraça

O “espírito” desse mundo odeia, persegue e quer matar quem é verdadeiro ou pelo menos busca ser.

Geralmente quem defende a Razão, A Lei, a Ordem, a Nação, a Bíblia, a Religião e os “bons costumes”, condena indivíduos e pessoas com pensamentos diferentes.

Existe uma diferença abismal entre ter Fé e espiritualidade e ter uma religião. Isso não devia ser confundido!

O inferno dos religiosos fanáticos é ver com seus próprios olhos que Deus ama a todos e vive abençoando “ímpios” e “santos”. Para eles, isso é inaceitável!

Redes sociais não substituem o chão da vida, a solidariedade, o carinho e afeto humano… se substituir, pode ter certeza que já se caiu na “rede” como um peixe que vai ser devorado.

Todo o ser humano carece da necessidade de ser aceito e compreendido. E isso só demonstra o quanto somos fracos e precisamos de Deus.

Não temos o controle sobre nada nessa vida! Não temos controle sobre o tempo, sobre as doenças, morte, os sonhos e pesadelos, o fisiológico do organismo e nem sobre os nossos batimentos cardíacos. Quem ainda se arroga a ter domínio de si mesmo?

A gratidão por tudo e por nada é o melhor remédio contra a depressão, a melancolia e a ansiosidade.

A frustração desaparece quando se vive a cada dia sabendo que ele trará a sua própria porção: seja boa ou seja ruim. E isso é a confirmação da nossa própria relatividade!

As experiências ruins são uma ótima oportunidade de amadurecimento quando não são taxadas de “desgraças”.

A “moral” é a arma que mais assassinou seres humanos nessa terra.

Levantar uma bandeira, pregar uma doutrina, defender uma ideologia… é a maior perda de energia humana no mundo!

O amor não é esse de muitos filmes e novelas. Mais do que um sentimento juvenil, é uma atitude madura capaz até de uma “ira amorosa” contra as injustiças desse mundo.

Amigos são tesouros que você tem e pode contar pelo resto da vida nessa terra, mesmo estando longe deles.

Gozar a vida com a mulher que se ama, com a família e amigos verdadeiros, é uma grande benção divina.

Anderson Luiz

Obrigado pela opinião!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s