Sobre integridade


“Nosso caráter é um presságio do nosso destino, e quanto maior a integridade que temos e mantemos, mais fácil e nobre este destino tem probabilidade de ser.” (George Santayana)

Ser íntegro significa ser inteiro e não dividido. Em todo o tempo somos tentados a vivermos como seres fragmentados, divididos, compartimentados. Nossa mente dividida em nações, etnias, religiões, ideologias, crenças, etc., não nos permite viver a plenitude que uma vida íntegra nos oferece. Seria tão bom se vivêssemos por inteiro, vivêssemos plenamente, vivêssemos a abundância que uma vida íntegra nos proporciona. Não enxergamos o “Todo”, só temos compromisso com as “partes”… e somente com as “partes” que nos interessam! Estando cegos para o “Todo” não compreendemos o ciclo, não percebemos que estamos todos conectados e não temos ideia do quanto à ideia de “independência” às vezes é uma grande falácia. Somos dependentes em todo tempo!

Quanto mais o ser humano se fragmenta, mais ele se enfraquece, ele se perde de si e se esvai. Vai evaporando aos pouquinhos até zerar, até virar o pó que é levado pelo vento. A integridade é solidez, é firmeza que não se corrompe, é rocha que dificilmente se quebra e se desgasta. Integridade é robustez, é força que vem da inteireza de espírito e fruto de uma mente intacta e de uma visão holística. O íntegro não tomba fácil, e ainda que tombe, ele não se quebra. O íntegro não se vende, ele não está à venda por preço algum nesse mundo, pois sabe ele que não há dinheiro ou riqueza na terra que pague o valor de uma honestidade. O íntegro tem palavra e cumpre seus compromissos. O íntegro é verdadeiro, suas ações estão em sintonia com suas motivações internas, não há um “curto-circuito” entre o que se vive interiormente e o que se expressa na vida. Esse “curto-circuito”, esse “choque” de identidade é o sintoma do mentiroso, do hipócrita, do enganador, do desonesto, do falso, daquele que tem “duas caras” ou ainda “muitas faces”, daquele que já não sabe quem se é e vive de modelos para tentar continuar a“Ser”.

Anderson Luiz

Obrigado pela opinião!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s