Sobre o nada

No nada a doença outrora diagnosticada dos antigos africanos escravizados no Brasil chamada de “banzo”, que era uma tristeza profunda de morte, triunfa de maneira imperiosa. No nada nenhuma inspiração é bem vinda, ainda que haja inspiração. Acho que todo mundo passa pelo nada! Se não estiver certo então sou um alienígena e não um ser humano.